Marcos Clark. Tecnologia do Blogger.

domingo, 7 de novembro de 2010

Mãos dadas


Certas vezes tentando antecipar ou mudar radicalmente nossa vida, acabamos por tentar afastar aquela pessoa que sempre esteve ao nosso lado quando mais precisamos.
Descontamos todas as nossas frustrações em quem sempre esteve ali nos mantendo de pé.

Vejo casais que se amam realmente lutando contra si mesmos, desvencilhando-se uns dos outros por motivos fúteis, ridicularizados.
Pensam em jogar tudo pro alto e propagam tal blasfêmia aos quatro ventos como se não se importassem com o futuro que está por vir.
Isso me dói um pouco às vezes.
Perceber que o amor deles está ali, vivo, um pouco tímido na maioria das vezes, mas ainda forte. E o egoísmo tenta tomar seu lugar.

Amigos, se eu pudesse dar apenas uma dica aos que possuem a pessoa amada a seu lado, seria essa: Valorize esse momento, você nunca estará tão feliz.
Nenhuma sensação de liberdade, falsa liberdade, estará ao teu lado quando você estiver chorando.
Nem mesmo a vida promiscua fará você sentir-se melhor.
A fama é uma farsa.
Ser invejado por todos nem sempre é bom, você não vai querer sentir o arrependimento depois, e irá sentir posso lhe garantir.
Valorize-se valorizando-a.

Pode não parecer agora, mas sua felicidade depende muito da felicidade dessa pessoa. Posso lhe afirmar que ao dormir, ela será a última coisa que estará em seu pensamento e cedo ou tarde, você sentirá tanta falta dela quanto sente de tua liberdade.

Quando der por si, verá ela longe, com outro. Não porque o amor que sentia por você não fosse verdadeiro, você sente que é. Mas pelo fato de que o mundo é malvado demais, com todas essas reviravoltas ele sempre faz tu se arrepender de suas escolhas ruins.
Ame-a de verdade, intensamente, todos os dias.
E quando sentir-se fraco, perceba que é justamente aquela pessoa que sempre estará de pé a teu lado.

3 Comente aqui:

Bruno Montenegro disse...

Muito show o texto...reflexão total sobre vida amorosa...sempre tenho isso em mente...as vezes uma progessão futura não dirá nada....deve se aproveitar o momento sempre

Abraços

jefhcardoso disse...

Caro Marcos; gostei muito de seu texto! Você falou de amor de forma consciente, não de um amor meloso de contos de fada, mas de um amor real. Dificuldades, incompreensões todo casal passa, mas a prova do verdadeiro amor está em aceitar o outro como é e não como idealizou. Diferenças existem e viva o amor!

Gostaria de contar com seu voto para o Top Blog 2010, últimos dias. Na primeira fase fui bem votado, mas na segunda estou ficando para trás. Preciso que os amigos entrem no meu blog e clicando no selo Top Blog preencham os campos nome e email, e depois confirmem. Ainda há chance, porém, não sem sua ajuda. Agradeço desde já.

Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Rafa disse...

Amor une pessoas em caminhadas, lado a lado :)

Postar um comentário

  ©Juventude Envelhecida - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo