Marcos Clark. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

God hates us all




É engraçado como um segundo pode decidir nosso destino.
Palavras mal ditas, palavras não ditas.
Todo o tormento de apenas um ato, um ato falho, inseguro, instintivo.

Animais, somos todos animais, aceitando o fato ou não.
Somos previsíveis, manipulados constantemente, infelizes.

Somos naturalmente caóticos.
Criamos nosso próprio fracasso quando tudo está em paz.
Precisamos disso.
Precisamos de drama pra viver, de tragédia pra dar sentido a toda atrocidade que é estar vivo.

Nunca fez sentido.
Se pudessem lhe dar um sentido a sua vida, bastariam apenas três palavras para que o sentido se perdesse.

Você não é destinado a ser feliz.
Não possui livre arbítrio.
Isso é ilusão.

Seres de cordas, manipulados por mãos invisíveis num palco sujo e apodrecido é isso o que somos.

Deus te odeia.
E te faz sentir culpa por algo que ele mesmo criou.
Se conhece teu fracasso, por que diabos o uniciente não estala os dedos e te torna feliz?

Somos apenas fezes de uma entidade que se diz perfeita.
Uma entidade vaidosa e sádica.
Nada mais do que marionetes num jogo sujo pelo poder.
Peões, instintivamente inclinados ao fracasso.



Ninguém está satisfeito, nunca.

I can’t get no satisfaction.


Queremos sempre mais e mais e mais e quando damos conta, morremos sem nada sob uma terra tão podre quanto você mesmo se tornará um dia.
Vermes.

Deus ou seja lá quem for, nos dá a perfeição por um segundo somente para ter o sádico prazer de tira-las de nós em seguida.
Um minuto.
Um minuto de perfeição e nos damos por satisfeitos.
Um minuto da perfeição é tudo o que teu criador guardou para você.

2 Comente aqui:

Anônimo disse...

troll

Filosokiko disse...

lê, se não ja tiver lido o "Menino Jesus" Alberto caero - Fernando Pessoa e "O Nascimento da Tragédia" do NIetzsche. Em algumas passagens tu falas muito de tragédia, trágico. Tem tudo a ver.

;]

Postar um comentário

  ©Juventude Envelhecida - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo